estantes

Três dicas rápidas de filmes

Três dicas rápidas de filmes

Postado por em out 18, 2014 em Blog, Cinema | 0 comentários

Tem fins de semana que o que interessa é ver um bom filme e deixar os drinks de lado. Eu, muitas vezes, fico perdida sem saber o que escolher, olhando para as opções do Guia da Folha ou para o catálogo do Netflix. Então, imaginando que existem outras pessoas que passam por isso, pensei que essa “modalidade” de post pode ajudar alguém.

Tem uma opção nos cinemas, outra no Netflix e mais uma no Now. Em comum, todas têm romance e casais de protagonistas que dão show de atuação. Também tenho a impressão de que as três produções passaram meio batidas no quesito divulgação e nem todo mundo ouviu falar, portanto, são boas dicas.

Em cartaz: Mesmo Se Nada Der Certo (John Carney, 2013)
Filme mega fofo, divertido, romântico e inspirador. Daqueles que você sai do cinema feliz. Tem Keira Knightley e Mark Ruffalo nos papéis principais. Ela é uma compositora com o coração partido e ele um produtor musical que acabou de perder a sociedade em um selo de música. Se encontram para descobrir, por meio da música, um novo caminho na vida. Keira solta a voz de verdade no filme e não faz feio. E, como bônus muito bem-vindo, Adam Levine faz o papel do músico hipster que deu o pé na Keira. Só de ver Ruffalo homeless e Levine de barba já valeria o ingresso ;)
BuzzFoto Celebrity Sightings In New York - June 29, 2012

No Netflix: Sentidos do Amor (David Mackenzie, 2011)
Um vírus está atacando toda a população mundial e acabando com o ofalto das pessoas. Antes desse sentido sumir, o primeiro sintoma é um surto de melancolia profunda. Esse cenário bizarro é o pano de fundo para a história de amor entre uma médica epidemiologista, que está estudando o caso, vivida por Eva Green, e um chef de cozinha, que usa, por motivos óbvios, o olfato em sua profissão, interpretado por Ewan McGregor. Pessoalmente, adoro enredos de caos e fim do mundo, tipo Extermínio e Filhos da Esperança, e acho que com um toque british são melhores ainda. Não à toa, Sentidos do Amor, uma produção britânica, me pegou. Além do interessante plotline sci-fi, o romance apresentado é belíssimo. Tem paralelos com Ensaio Sobre a Cegueira. Eu gostei :)
ewan e eva

No Now (Net): Refém da Paixão (Jason Reitman, 2013)
Do diretor de filmes que eu amo – Juno, Amor Sem Escalas e Jovens Adultos -, esse longa não decepcionou. Porém, o tom é um pouco mais denso que em suas obras anteriores. Kate Winslet (diva) é uma mulher divorciada e depressiva que vive com o filho adolescente e se apaixona por um presidiário fugitivo (Josh Brolin). Um filme delicado e profundo, uma combinação que pode parecer contraditória mas é alcançada aqui.
kate-winslet-e-josh-brolin-refem-da-paixao-de-jason-reitman

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Pin on Pinterest0Share on Google+0

Responder

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Desenvolvido por