estantes

Santiago de Compostela

Santiago de Compostela

Postado por em nov 11, 2014 em Blog, Destaques, Viagem | 0 comentários

A viagem que fiz a Portugal teve uma cidade que não fica no mesmo país, mas nem considero um desvio de rota. Me explico: do Porto fui até Santiago de Compostela, na Espanha, cidade que ficou ainda mais famosa após o romance Diário de Um Mago de Paulo Coelho. É a capital da Galícia, uma região que é uma “intersecção de países”, no noroeste da Espanha, quase Portugal, com paisagens e hábitos compartilhados. O idioma, galego, é um misto do que se fala nas duas nações. Isso é uma alegria para os brasileiros que adoram mandar ver no portunhol. Mas, cabe ressaltar, a lingua oficial é a de Cervantes.

A capital galega é mundialmente famosa por ser o destino final de peregrinos cristãos – alguns nem tanto – que percorrem o Caminho de Santiago. Sua catedral abriga o túmulo de Tiago (Santiago, em espanhol) um dos apóstolos de Cristo. Sim, gente, o lugar tem poder. Seja você cristão ou não, se tiver um pouco de espiritualidade vai sentir a energia presente. Ou, no mínimo, se comover com toda a movimentação de pessoas em busca de alguma benção ou paz de espírito. Dentro da catedral há vários confessionários disponíveis durante todo o dia, com padres multilíngues para receber os peregrinos. Além disso, há três missas diárias, que ficam lotadíssimas. Os sacerdotes mencionam nomes das pessoas e dos grupos recém-chegados durante a celebração e fiquei impressionada com a quantidade de brasileiros de fé.

Bom, fora o lado religioso, a cidade é uma fofura, toda medieval, a história e a arquitetura são impressionantes, o povo amável e a culinária deliciosa. A tapa espanhola que mais gosto de todas é da região, o polvo a feira, ou pulpo a gallega, como é conhecida em outras partes do país. Santiago também é uma cidade universitária, então, nos períodos de aulas, os bares ficam animadíssimos e dá para conhecer um pouco do que é “salir de copas”. Fiesta!

Veredito: se você chegou até o Porto, vale a pena dar um pulinho em Santiago, um ou dois dias são suficientes para conhecê-la. São só duas horas indo de carro, o que dá para fazer tranquilamente. Foi colocar o endereço do hotel no GPS e pronto. Ou tem sempre a opção de ir a pé, com a fé e a coragem ;)

Onde ficar: Nesse quesito, recomendo o hotel que fiquei, o Lux Santiago, na rua Douctor Teixeiro, 4. Bom custo benefício e localização ideal para conhecer o centro histórico a pé. Como a cidade é pequena, sugiro se hospedar perto do centro.

Por onde turistar: Na bela catedral, claro. E pelas ruas do centro histórico. Tudo lá gira em torno da questão religiosa, tem o museu de arte sacra, o centro de peregrinos e tal. Não tem muito como fugir disso. Os prédios são lindos, mas fora a catedral o resto não é muito interessante em termos de acervo. A cidade em si que que importa.
IMG_6240

*Em setembro de 2014, a Catedral estava em reforma. Não encontrei informação sobre até quando as obras vão durar. Apesar disso, estava aberta e era possível admirar sua beleza.

IMG_6226
*Patrimônio Mundial da Unesco, a catedral chama a atenção por sua arquitetura peculiar, que mistura os estilos gótico, renascentista e barroco e já apareceu até como cenário de HQs como HellBoy e Batman.

E pela Cidade da Cultura. Eu não tive tempo de conhecer, mas parece incrível. É um centro de artes e cultura, bem moderno, como outros lugares que os espanhóis gostam de fazer, nos moldes da Cidade das Artes e das Ciências de Valência.

O que comer: Tapas, tapas e tapas. Mas, entre todas, vá de polvo a feira, a especialidade da região. É cozido e cortado em pedacinhos, por isso nem tem uma aparência estranha, o que é um alívio para quem tem aflição do bicho. É servido com muito azeite, páprica e batatas. Fica muito saboroso. E na Galícia as tapas vêm em baixelas, sem miséria! Confie no garçom e peça um vinho da região para acompanhar. A rua da Reina, no centro histórico, tem vários bares de tapas muito bons.
IMG_6228

Chocolate. Lá não é a Suíça, mas descobri uma marca tão legal e gostosa, claro, que tenho que indicar. A Chocolat Factory (Plaza del Toural, 10) vende produtos divertidos e funcionais, feitos em parceria com designers. Tipo plaquinhas de chocolate que derretem na torrada, bombons para comer enfiando o dedo na boca, além de souvenirs fofos – as fotos ilustram melhor. Tudo com carinha hipster e delicioso.
IMG_6217

IMG_6698
Tarta de Santiago, que é um bolo de amêndoas fofo, não muito doce. Muito bom mesmo. Apesar de parecer, não é sem graça. Eu não gosto de bolo sem graça. É esse com a cruz desenhada.
IMG_6243

Não deixe de fazer: Abraçar a estátua de Santiago para ganhar a sua benção. Sim, você pode dar um chamego na imagem do apóstolo, que está dentro da Catedral.

História de Santiago de Compostela: Santiago, ou Tiago, era apóstolo de Jesus Cristo e foi um dos principais pregadores da religião após a morte do messias. Foi assassinado por perseguidores do cristianismo na Palestina e seu corpo foi levado para a Espanha, onde católicos o enterraram. O local escolhido para seu sepulcro foi um bosque serrado e ermo, para que ninguém o encontrasse. Oito séculos depois, dois camponeses viram muitas luzes vindas do céu, que incindiam sob um local onde se encontrou os restos mortais do apóstolo. Nesse exato ponto, construíram uma capela, depois viraria a catedral, que passou a atrair peregrinos. E assim, iniciou-se o Caminho de Santiago de Campo Estela (de estrela, das luzes que iluminaram o local). Hoje, existem diversas rotas determinadas com base em passagens da bíblia ou da História, saindo da Espanha, de Portugal e da França. As pessoas as percorrem em busca de indulgência, paz espiritual, para pagar uma promessa ou simplemente para fazer um tracking.

Bônus: Se interessar mais que um pulo na Espanha, indico o roteiro Portugal-Espanha-Mediterrâneo que o Fábio do Viagens Cinematográficas fez, ou o guia feito a várias mãos que o Ricardo Freire reuniu no Viaje na Viagem, com o básico dos dois países.

*Foto de Destaque: Best Place In Spain

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Pin on Pinterest0Share on Google+0

Responder

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Desenvolvido por